Marcadores

Acrósticos (51) Pílulas (49) Homenagens (20) Desabafos (15) Sonetos (15) Mulheres (12)

O Que Este Poeta Está Lendo?

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Minha Amada Imortal

Eu nunca te encontrei,
Mas sempre te amei.
De tormentos eu posso descansar,
Quando estou a contigo sonhar.
Não sei se um dia vais tu me perceber,
Mas sei que estou pronto a te receber,
E teu príncipe encantado ser.
Desejo que saibas que eu há todo momento,
Do mal estarei sempre te protegendo,
E ainda que em mim haja um rompante de tristeza,
Sempre para ti terei um olhar de pureza,
E ainda que eu sofra a mais cruel incerteza,
E que tu venhas, para outro teu coração entregar,
Mesmo na morte, não deixarei nunca de te amar,
Nem que minha existência chegue ao seu final.
Minha Amada Imortal.

17 de Julho de 2012
O Filho de Perdido

Musa Poética

Disto que sinto e não declaro,
Apenas sonho e poetizo, poetizo.
Na esperança deste amor realizar,
Inflama-se em mim, o contigo sonhar.
16 de Julho de 2012
O Filho Perdido

Anjo Enferrujado

Meu anjo enferrujado,
Em beleza tu foste forjado,
E mesmo estando acordado,
Contigo tenho sonhado.
Na hora mais triste e fria,
Tu trouxeste a alegria.
Eu achei diante ao teu sorriso,
Que havia encontrado o Paraíso.
Como a mais bela canção,
Ascendeu em mim o fogo da paixão,
E como é linda esta emoção.
Fechando o escrito de minha Pena,
Dou-te o nome perfeito: Helena.
13 de Julho de 2012
O Filho Perdido